Critérios da seleção

A O.E.C.A, obedece rigorosamente as normas Estatutárias e Regimentais que determinam as condições para que, uma Criança ou Adolescente seja aceito na nesta Associação. São elas:

01 - Idade de 07 anos a 14 anos.
02 - Pertencer à família muito carente.
03 - Estar matriculada e freqüentando a Escola Estadual.


PERGUNTAS FREQUENTES:

01 - Quem indica uma Criança ou Adolescente para freqüentar a O.E.C.A?

R - As Indicações vem do: Juiz de Direito da Vara da Infância e Juventude; Promotor da Vara da Infância e da Juventude; Conselho Tutelar; Diretoria municipal de assistencia e desenvolvimento social - DADS; Autoridades como: Delegados de Polícia e finalmente qualquer cidadão considerado idôneo.

02 - Como é o processo de Seleção?

R – Uma vez indicada a Criança ou o Adolescente obedecendo a idade de 07 a 14 anos, duas Assistentes Sociais voluntárias visitam as famílias dos indicados e verificam: moradia, condicoes de trabalho do pai e da mae (se ambos trabalham ou nao), se esta Criança ou Adolescente está freqüentando Escola Estadual, salários dos pais, condições que estes pais mantêm suas casa, etc. Uma vez concluído este processo, a Assistente Sociail determinam o nível de necessidade de cada Criança ou Adolescente visitado e se as mesmas preenchem todos os requisitos necessários estatutários. Estando tudo de acordo, a Criança ou Adolescente são matriculados provisoriamente nesta Associação.

03 - O que é Matrícula Provisória?

É uma matrícula que, permite que o Coordenador Geral, a Psicóloga voluntária e Monitores, observem o comportamento destas Crianças e Adolescentes pelo período de três meses, com o objetivo de observar se as mesmas apresentam comportamentos fora do padrão dos outros atendidos que sugira distúrbios importantes neurológicos e psiquiátricos, que exijam tratamentos e pessoas especializadas para cuida-las. Após este período, estando tudo dentro do normal, se faz então a matrícula definitiva para o ano.








Copyright© 2011 Todos os direitos reservados
Oficina Educacional da Criança e do Adolescente de Novo Horizonte
Desenvolvimento